Galeria Homero Massena

A Galeria Homero Massena – GHM é o espaço da Secretaria de Estado da Cultura – SECULT,  voltado a produção contemporânea de artes visuais. Inclui em sua programação as exposições selecionadas pelos editais anuais, mostras do acervo e ações educativas. As atividades desenvolvidas em cada exposição propiciam a interação entre o público, a obra, o artista, os educadores  e a equipe institucional – visitas mediadas, rodas de conversa com o artista, encontros de educadores e oficinas acessíveis.

Funciona na Cidade Alta, no Centro Histórico de Vitória, a Rua Pedro Palácios, 99. Está aberta de segunda a sexta no horário de 09 às 18 horas, com entrada franca. Aos sábados (exceto nos meses de janeiro e fevereiro e nos feriados ao longo do ano) a GHM abre de 13 às 18 horas.

Endereço:Rua Pedro Palácios, 99, Centro, Vitória – Espírito Santo.
Telefone:(27) 3132 8395

Teatro Carlos Gomes

O Theatro Carlos Gomes, o mais antigo do Espírito Santo, abriu suas cortinas pela primeira vez em 1927. Localizado no Centro de Vitória, sua inauguração vinha preencher a lacuna deixada pelo Teatro Melpômene, demolido após um incêndio.

Projetado pelo arquiteto italiano André Carloni, sua arquitetura de estilo neorrenascentista foi inspirada no Teatro Alla Scala, de Milão. Administrado inicialmente pelo próprio André Carloni, a primeira peça encenada foi “Verde e Amarelo”, de José do Patrocínio e Ruy Pavão, com a Companhia da Revista Tam-Tam.

Em 1929, foi arrendado por uma empresa particular, sendo utilizado apenas para exibição de filmes. As apresentações teatrais passam a ser esporádicas e somente na década de 50, voltaria a ser espaço de arte cênica. Entram em cena grandes companhias como as de Procópio Ferreira, Eva Tudor, Vicente Celestino e Flodoaldo Viana.

Em 1969, a apresentação da peça “Liberdade, Liberdade”, com o ator Paulo Autran, marca o início do movimento pela restauração do teatro. As obras resgatam sua arquitetura original. É dessa época a instalação do lustre no centro do teto e a pintura da cúpula por Homero Massena, um dos pintores de maior renome no Estado.

Reinaugurado em 1970, o Theatro Carlos Gomes foi tombado pelo Conselho Estadual de Cultura – CEC em 1983, mantendo-se ativo na apresentação de peças e espetáculos de música e dança.

Com suas fachadas novamente restauradas em 2004, reafirma sua importância como monumento histórico e cultural capixaba. Aos 80 anos, no mesmo palco onde brilharam grandes nomes como Bibi Ferreira, Paulo Autran e Fernanda Montenegro, o Theatro Carlos Gomes continua valorizando e enriquecendo o cenário cultural do Espírito Santo. Um lugar para se celebrar a arte que merece ser aplaudido de pé.

Endereço: Praça Costa Pereira, s/n – Centro, Vitória – ES, 29010-080.
Telefone: (27) 3132-8398

MAES – Museu de Arte do Espírito Santo

O Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo | MAES, Patrimônio Cultural do Estado do Espírito Santo, pertencente à estrutura organizacional da Secretaria de Estado da Cultura – Secult. Está sediado em um prédio tombado pelo patrimônio do Estado, que existe há mais de 80 anos. O prédio foi construído a partir do projeto arquitetônico do tcheco Joseph Pitilick e concluído em 1925. Foi inaugurado no dia 18 de dezembro de 1998. Na ocasião foi feita uma homenagem ao artista que nomeou a instituição: o capixaba Dionísio Del Santo.

Localizado no Centro de Vitória, capital do Espírito Santo, o MAES já sediou no passado o “Serviços de Melhoramentos”, órgão responsável pelo planejamento urbanístico da cidade. Posteriormente acolheu várias instituições públicas estaduais como o Diário Oficial, setores da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos e a Secretaria da Fazenda.

O prédio foi cedido ao Departamento Estadual de Cultura (DEC) em 1987. Atendendo à uma antiga reivindicação que mobilizou intelectuais e artistas capixabas, o DEC resolveu abrigar a sede de um museu no antigo edifício. Em 1990, iniciou-se a reforma do edifício a partir do projeto das arquitetas Maria Cristina Coelho Duarte e Clemir Meneghel, com assessoria do crítico de arte Paulo Herkenhoff e da museóloga Margareth de Moraes.

O MAES está técnica e fisicamente preparado para receber exposições nacionais e internacionais, possuindo uma área expositiva com cinco salas e hall, distribuídos em dois pisos, uma Biblioteca que tem aproximadamente 3.000 títulos na área de artes plásticas, patrimônio e museologia, constando de livros, revistas, catálogos, vídeos, DVDs e fotografias,além de um auditório com capacidade para 40 pessoas.

Endereço: Avenida Jerônimo Monteiro, 631, Centro
Vitória – Espírito Santo.
Cep.: 29.010-001
Telefone: (27) 3132-8393

Museu Colono

Inaugurado em 18 de abril de 1969, o Museu do Colono está localizado num sobrado originalmente de uso residencial e comercial que pertenceu a Família Holzmeister. Equipamento cultural da Secretaria de Estado da Cultura, é tombado como Patrimônio Histórico pelo Conselho Estadual de Cultura. Guarda um acervo de mais de seiscentas peças entre mobiliário, porcelanas, livros, quadros e outras coleções que pertenceram a Família Holzmeister. No pavimento térreo funcionam três projetos que atendem a comunidade: Núcleo de Violões, com aulas as quartas e quintas; Roda de Leitura, com encontros as sextas e o Núcleo do Projeto Imigrantes, serviço que funciona de quarta a sexta.

Endereço: AV. Presidente Vargas, 1501 – Centro – Santa Leopoldina-ES.
Telefone: (27) 3266-1250

Biblioteca Pública

Biblioteca Pública do Espírito Santo foi fundada em 16 de julho de 1855 em uma das salas do segundo pavimento do Palácio, no governo do Presidente da Província Sebastião Machado Nunes, por iniciativa de Braz da Costa Rubim (1812-1871), que doou os 400 primeiros volumes do acervo, entre brochuras e folhetos.

Como quinta biblioteca pública estadual criada no país, ganhou notoriedade e suporte administrativo pela Lei nº 19, de 10 de maio de 1880, tendo sido instalada em sede própria na Praia do Suá em 1979. Ocupa uma área edificada de 1.458,5m2, onde podem ser encontrados clássicos da historiografia e da literatura capixaba e obras raras, em geral produzidas e/ou localizadas no Espírito Santo.

Em 17 de dezembro de 2004, pela Lei 7.958, passou a ser denominada Biblioteca Pública Estadual Levy Cúrcio da Rocha, em homenagem a este historiador capixaba. Entidade de caráter cultural, a Biblioteca Pública do Espírito Santo é vinculada à Secretaria de Estado da Cultura – Secult -, com sede em Vitória, capital do Estado.

A Biblioteca Pública Estadual cumpre a função social de favorecer o acesso à informação, de difundir a cultura e de promover a circulação e o domínio do conhecimento. Desenvolve projetos que integram um plano de ação, cuja meta prioritária é a formação do leitor e o estímulo à pesquisa.

Dentre todos esses projetos destacam-se a criação e a expansão da rede de bibliotecas públicas municipais, a valorização da arte de contar histórias e as atividades relacionadas à pesquisa e divulgação da literatura no Espírito Santo. Há ainda pesquisas e leituras realizadas pelo sistema Braille, cujo setor amplia suas atividades através de um programa de inclusão sócio-cultural.

Endereço: Praia do Suá – Vitória – ES
CEP: 29025-120
Telefone: (27) 3137-9351 / (27) 3137-9349

 

Fonte: https://es.gov.br/cultura/espacos-culturais

Deixe uma resposta

5 × três =