» » Fenômeno faz lagoa do Gomes ficar azul em Itapemirim -ES

Fenômeno faz lagoa do Gomes ficar azul em Itapemirim -ES

NOTA DE ESCLARECIMENTO “LAGOA GUANANDY”

Lagoa Guanandy
Foto: Raquel costa

Nos últimos dias a Lagoa Guanandy tem recebido um grande número de banhistas e curiosos tendo em vista as suas águas estarem cristalinas, situação essa que não é comum, uma vez que as águas da Guanandy apresentam coloração amarelada/escura. Essa coloração se dá porque as águas são tingidas por ácidos húmico liberados nos processos de decomposição de sedimentos orgânicos. A lagoa recebe naturalmente uma grande quantidade de folhas, arbustos e troncos, que são dissolvidos e decompostos. Nesse processo, ocorre a liberação de ácidos que dão à água aquela cor de chá. Outro fator importante é que o terreno do entorno é composto por material arenoso (areia branca), por isso, a lagoa não sofre com problemas de erosão das margens como ocorre nos rios, isso faz com que suas águas não assumam coloração barrenta.

Lagoa Guanandy
Foto: Raquel costa

O que ocorreu na lagoa, que fez com que a água ficasse cristalina repentinamente, não foi nenhum fenômeno natural ou lançamento de produto químico. Ocorre que margeando a lagoa existe um canal que liga o rio Novo ao rio Itapemirim. Esse canal é popularmente conhecido como Canal do Pinto ou Córrego Comporta, com intuito de garantir o abastecimento de água durante o verão. O SAAE conseguiu uma autorização da Agência Estadual de Recursos Hídricos – AGERH, para o desassoreamento do Canal do Pinto de forma que o rio Novo conseguisse verter água para o canal e, posteriormente, o SAAE faria a captação não mais na lagoa e sim dentro do próprio canal. Essa medida garantiria que a lagoa mantivesse seu volume de água e não fosse ainda mais impactada devido ao longo período de estiagem. Contudo, por questões físicas e químicas, de forma alguma a água do canal poderia ser direcionada para a lagoa. Porém, em vistoria no local a fim de detectar o que estava ocorrendo com a lagoa, a Secretaria de Meio Ambiente encontrou uma vala de aproximadamente 500 metros de extensão drenando a água do canal para a lagoa, ou seja, o motivo pelo qual a água da lagoa está cristalina é pelo fato da água ser proveniente do rio Novo, curso hídrico onde não existe o processo de decomposição da carga orgânica a exemplo do que ocorre na lagoa. Devido ao baixo volume da lagoa, a água proveniente do rio Novo prevaleceu sobre a água que estava contida dentro da lagoa e fez com que a mesma ficasse cristalina.

Lagoa Guanandy
Foto: Raquel costa

 

 

 

 

 

 

 

Lagoa Guanandy
Foto: Raquel costa

 

Como medida corretiva, a Secretaria de Meio Ambiente já solicitou o fechamento da ligação entre a lagoa e o canal e continuará realizando o monitoramento da lagoa para prevenção e mitigação dos possíveis impactos que possam ocorrer. Será emitido um ofício à Agência Estadual de Recursos dando ciência da situação. Vale lembrar que há 3 meses a Secretaria de Meio Ambiente realizou a operação “Cheklist” na área da lagoa e essa vala interligando o canal à lagoa não existia. Sendo assim, iremos apurar as responsabilidades junto com a AGERH.

Tiago Leal
Secretário de Meio Ambiente de Itapemirim

 

 

Como chegar

 

Deixe seu Comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − 14 =