» » 7 lugares mágicos para conhecer no Estado do Espirito Santo

7 lugares mágicos para conhecer no Estado do Espirito Santo

7 Destinos que se destacam pelas belezas naturais e pelas paisagens

de tirar o fôlego de qualquer fã da viagens e natureza

 

O que mais te motiva a viajar?

Se você respondeu algo parecido com belas paisagens ou belezas naturais, então, você é um dos nossos! Quem gosta de viajar tem de admitir que são as paisagens naturais o que mais arrancam  nossos suspiros durante nossas andanças por aí. E para conhecê-las, muitas vezes nem é preciso sair do estado para se impressionar.

Para facilitar o planejamento, criamos uma lista de lugares mágicos com belas paisagens para visitar no estado do Espirito Santo, confira:

Falésias de Marataízes

Pra quem visita Marataízes é obrigatório conhecer as falésias.

Praias com vegetação quase intocada, com um visual deslumbrante. O ponto fraco é a pouca infraestrutura para receber o turista.

As falésias de Marataízes se espalham por todo o trecho entre as praias de Boa Vista do Sul e Praia dos Cações.

Como chegar:

Para chegar até lá, é só pegar o rumo do Camping do Siri e seguir “reto” na Rodovia ES 060.

A estrada margeia todo o litoral e, durante o trajeto, você verá acessos para as praias.

Pedra Azul, Domingos Martins

 

A reserva natural é a principal atração da região. Além das trilhas que levam a cachoeiras e piscinas naturais, o parque abriga o cartão-postal da região serrana, a Pedra Azul.  A Pedra Azul tem esse nome devido ao fato de que, dependendo da incidência de luz solar, a pedra pode mudar de cor assumindo por vezes a cor azul, verde e até mesmo amarela, entretanto, a maior parte do tempo branca acinzentada. Estima-se que a Pedra Azul mude de cor 36 vezes por dia.

Endereço: BR 262, km 89, (Rota do lagarto, 2 km da BR) – Pedra Azul – Aracê

 

 

Distrito de Matilde Alfredo Chaves

As belezas e paisagens de Matilde, no interior de Alfredo Chaves, chamam a atenção de moradores e turistas. No local, são inúmeras as atrações, mas uma em especial se destaca: a Cachoeira Engenheiro Reeve, tradicionalmente conhecida por Cachoeira de Matilde.

Possui uma boa  infraestrutura para receber o turista.

Como chegar: Á 1h  (85,0 kmvia BR-262 saindo de Vitória 

 

Cachoeira de Matilde - 7 lugares mágicos para conhecer no Estado do Espirito Santo
Foto: Yuri Barichvich

 

Dunas de Itaúnas, Conceição da Barra

A sede é uma pequena vila turística muito famosa por suas praias, pela paisagem marcante das Dunas de Itaúnas e pela tradição do forró pé-de-serra.

Itaúnas fica localizada a 260 quilômetros da capital, na região norte do Espírito Santo. O acesso se dá pela BR-101 norte partindo de Vitória, de onde seguem ônibus diários e regulares para Conceição da Barra, cidade mais próxima ou para São Mateus, cidade localizada a 55 km de distância. De Conceição da Barra e São Mateus partem ônibus regulares para Itaúnas.

 

Três Ilhas em Guarapari

 

Três Ilhas é o nome de um arquipélago na região costeira de Guarapari e estão localizadas à aproximadamente 3 km da costa.

Apesar do nome, as Três Ilhas são compostas de cinco ilhas, são elas: Quitongo, Cambaião, Guanchumbas, Leste-Oeste e Guararema.

Há milhares de anos atrás, quando o nível do mar estava muito abaixo do que é hoje, o arquipélago fazia parte do continente sendo apenas “morros”. Estas ilhas são muito apreciadas por mergulhadores, que visitam as ilhas atrás das belezas naturais que podem ser encontradas nos recifes submarinos.

Como chegar: 

A ilha é de difícil acesso, por isso só é possível chegar até lá por meio de embarcações.

Uma boa opção são as escunas, que ficam ancoradas próximo às praias da cidade de Guarapari.

O tempo até a ilha é de cerca de duas horas para chegar ao local.

Valor em Media: 60,00

 

O arquipélago faz parte da Reserva Estadual de Setiba, é área de Proteção Ambiental (APA) e oferece uma paisagem de superfície maravilhosa.

 

Profundidade: 4 a 14 metros. Visibilidade: Até 25 metros.

Espécies encontradas: Linguados, cações, tartarugas, arraias, peixes de aquário, frades, parus, polvos e moréias.

Melhor época: Dezembro a abril.

Distância da costa: 1,5 milhas.

 

 

 

Pedra Roxa em Ibitirama

 

Pedra Roxa é uma região localizada no município de Ibitirama e é cercada de poços naturais. Destaque para o visual paradisíaco de águas calmas, transparentes e com tom esverdeado.

 

 

Curiosidade:

O município de Ibitirama, que fica na região do Caparaó, tem hoje 10 mil habitantes. O que pouca gente sabe é que o conhecido Pico da Bandeira, terceiro mais alto do Brasil, fica em Ibitirama.

Os poços de Pedra Roxa ficam localizados no município de Ibitirama a 225 km da capital Vitória, BR 262.

Mapa

 

 

 

 

 

Pico da Bandeira no Parque Nacional do Caparaó

Uma aventura inesquecível, em meio a uma paisagem natural bem preservada da mata atlântica. Para a subida ao Pico da Bandeira, no Parque Nacional do Caparaó, recomendamos que você tenha preparo físico, calçados e roupas adequadas, além de alimentos leves. A caminhada até o topo leva cerca de quase 4 horas, o percurso é todo sinalizado e tem uma extensão de 8km.

A pequena parte da Floresta Atlântica que resta é uma colcha de retalhos, costurada por pasto, agricultura e asfalto. O Parque Nacional do Caparaó é uma das áreas mais importantes de preservação da Mata Atlântica.

 

Localizado na Serra do Caparaó, na divisa dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, o Parque Nacional do Caparaó é um dos ícones do montanhismo no Brasil. Terceira Maior Montanha do Brasil “Pico da Bandeira” com seus 2.892 metros de altitude.

 




E você, concorda com a nossa lista? Comente!

Deixe seu Comentário!

  1. Ângelo Araujo
    |

    Belos lugares, mas faltou o Frade e a Freira e o Monte Agá em Itapemirim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × 1 =